Orientações

    aos Familiares

Como ajudar um familiar com Alzheimer?

Pequenas atitudes podem melhorar a qualidade de vida do paciente

 

A Doença de Alzheimer é um transtorno neurodegenerativo com causas ainda não totalmente compreendidas. A perda de memória é o sintoma inicial mais comum do problema, que também pode causar confusão mental, irritabilidade, agressividade, alterações de humor e falhas na linguagem. Apesar dos avanços científicos dos últimos anos, o Alzheimer ainda não tem cura.

 

Os idosos são os mais acometidos pela doença: cerca de 1% dos pacientes está na faixa etária de 65 a 70 anos; 6% entre os 70 e os 80 anos; 30% têm mais de 80 e menos de 90 anos; e 60% já passaram dos 90 anos.

 

 

Dicas e cuidados importantes:

  • Crie uma rotina diária das atividades junto com o paciente;

 

  • Se apresente todos os dias dizendo seu nome e o que você está fazendo ali naquele momento;

 

  • Fale sempre olhando nos olhos, isso facilita a compreensão;

 

  • Não fale com o idoso como se fala com uma criança, ele pode se sentir constrangido ou irritado;

 

  • Estimule a independência, mas sempre com acompanhamento e supervisão. A presença de um acompanhante especializado pode ajudar; (Redirecionar para o serviço/acompanhamento domiciliar);

 

  • Não mude os objetos e móveis de lugar. Isso ajuda o paciente a manter o referencial da casa;

 

  • Sinalização com setas indicando os cômodos pode ajudar o idoso, já que ele começa a perder a noção espacial;

 

  • Marque os dias em um calendário junto com o paciente. Isso estimula a noção de tempo;

 

  • Trabalhe o raciocínio com jogos, livros, atividades que causem prazer e alegria;

 

  • Estabeleça uma rotina do sono regrada.

Serviço de apoio ao cliente:

(21) 3449 0308

(21) 2498 1440

contato@equilibriocare.com

Av. das Américas, 4200 - Bloco 7A / Sala 201A

Barra da Tijuca - Rio de Janeiro/ RJ

Cep.: 22640-507

 © 2015 Equilíbrio Home Care - Todos os direitos reservados.